sexta-feira, outubro 20, 2006

Devoção

- Update -

Estava aqui lendo um livro antes de dormir e vi algo muito interessante que tinha de compartilhar com vocês antes de amanhecer...
No livro, o autor estava comentando sobre Ananias (aquele dos Atos dos Apóstolos na Bíblia, que vendeu suas propriedades e foi fazer doação de parte do arrecadado como se estivesse entregando tudo e [voz no Nerso da Capitinga] morréu [/voz no Nerso da Capitinga] por estar mentindo perante o Espírito Santo).
Olha que pérola magnífica o autor soltou:
- Abre aspas -
A verdadeira devoção nem sempre consiste em oferecer algum pertence a Deus. Consiste em reconhecer que são de Deus não só os pertences, mas todo o seu ser, até mesmo a própria vida. Quem compreender que até mesmo a sua vida pertence a Deus, conseguirá desempenhar, SEM NADA ESCONDER, o trabalho da família de Deus.
- Fecha aspas -
Masaharu Taniguchi, em "A Verdade da Vida Volume I".

Não sei vocês, mas eu concordo com a afirmação acima...

P.S.: O texto original não tinha o "SEM NADA ESCONDER" maiúsculo e negrito, mas vocês entenderam que eu quis dar uma ênfase, néam?

Beijos crianças!

6 comentários:

Aline disse...

(Qual é o livro? De qual autor?) Olá, Rebeca. Que bom ter atualizado, pois até eu (que atualizo com freqüência), senti-me desanimada para postar coisas novas. É que a galera dos blogs andou sumida!!! Enfim. Sobre a devoção, creio que o autor tem razão.

Me, novamente disse...

Obrigada por postar o nome do livro. Valeu! bjs,

Aline disse...

ah, li um pouco de Seicho-No-Ie... (vc lembrou daquele abraço que mandei para Emanuel?). beijão,

Rebeca Duarte disse...

Me: Aline, lembrei do abraço sim. :D
Beijos!

Malafaia disse...

é... ele tem razão... e a aline monopolizou totalmente os coments... rs... BJS!

Tânia disse...

Essa passagem também nos ajuda a entender o perdão de Deus do qual não somos merecedores e mesmo assim recebemos a sua graça tendo nossas dividas zeradas, pois se a Deus pertencemos também é dele tudo que temos e fazemos, cabendo a ele julgar-nos,restando a nós somente entregarmos nossas vidas para que ele ás conduza.