quinta-feira, janeiro 11, 2007

Post escrito dia 08/01/2007 publicado hoje por problemas técnicos.

Algumas frases retratam exatamente aquilo que estamos sentindo. Simples assim, sintético e analítico ao mesmo tempo, pois conseguem expressar em algumas palavras todo um sentimento inexprimível. Uma amiga minha disse que eu tenho o dom de "verbalizar" as coisas... Interessante porque ela não é a primeira pessoa a dizer algo assim. Consigo verbalizar aquilo que sinto facilmente, não porque eu simplesmente tenha o dom de verbalizar, mas porque sei que estou sentindo. Posso não dizer a todos o que sinto, mas para mim não tenho segredos, não minto para mim e quando sinto algo assumo para mim mesma. Quando faço algo errado e sei que fiz errado não fico criando desculpas para mim. Se fiz por vingança ou distração assumo. Se me arrepender assumo. Sou uma pessoa que se arrepende das coisas que fez e não queria ter feito. Sou assim e assumo para mim que sou assim.
Sou sincera comigo mesma. Não consigo lembrar de uma única vez em que eu tenha estado confusa com algum sentimento meu, até mesmo quando não tenho certeza de nada, isso porque é normal não ter certeza às vezes, e aceito isso. Não consigo lembrar de uma única vez que tenha complicado um sentimento que deveria ser simples.
Só que normalmente as pessoas se confundem, complicam, misturam as coisas, agridem não por quererem fazer mal, mas porque estão confusas, fogem não por desgostarem da companhia, mas porque têm medo de perder algo.
Antes não entendia porque as pessoas complicam tanto e queria que elas passassem a descomplicar. Mas hoje eu sei que as pessoas são assim porque têm algo a aprender, e que precisam passar por isso. Sei que também tenho muito a aprender, e que as minhas conclusões e verdades não precisam ser de todas as pessoas, mais ainda, sei que algumas pessoas já tiraram as mesmas conclusões que eu, e que depois elas chegaram a outras conclusões que negaram as primeiras. Por isso sei que, as minhas verdades e conclusões podem, com o tempo, mudar. E isso é natural. Por isso uma frase, que desconheço o autor, mas exprime exatamente o que estou sentindo agora é:

“En el mundo existe mi verdad, tu verdad y la verdad.”

Simples, analíto e sintético.
E vocês? Têm alguma frase que exprimam o que estão sentindo ou pensando neste momento? Aguardo as respostas nos comentários. ;)

Agora com licença que vou ali tomar banho da primeira chuva do ano com meu marido. :D

Asta la vista, babies!

8 comentários:

Aline disse...

neste momento, não me recordo de nenhuma frase, Rebeca. porém, se eu me esforçar um pouco mais, tenho certeza de q lembrarei de um monte... hum... qlqr coisa, volto pra postá-las. beijos,

Ester disse...

aí vai uma delas...
"Ninguem ensina ninguém, mas ninguém aprende sozinho - os homens aprendem em comunhão."
não me lembro muito bem, mas se não estou enganada é de Paulo Freire... mesmo se não for, vale dizer que eu cansei de tentar aprender sozinha... definitivamente, prefiro ser dependente de ALGUNS (pouquíssimos)próximos...
BJS!

Aline disse...

ei, Rebeca, visite-me... meu site está dado às moscas... beijos,

Rebeca Duarte disse...

Olás! Bela frase Ester! É uma verdade.
E Aline, já fui lá no seu blog, só que dessa vez deixei um comentário pra você ter a certeza que passei por lá.
Beijos meninas!

Tânia disse...

"as vezes as pessoas dizem que devemos ser nós mesmas...como se isso fosse algo simples...como uma torradeira, por exemplo...como se pudéssemos saber... mas de vez em quando...ser eu mesma...algum dia...exatamente onde estou...bastará..."
Claire Danes (My So-Called Life)Beijos beca!!!

Rebeca Duarte disse...

Oi Tânia!
Frase interessante. Obrigada pela visita!
Beijos!

cleber disse...

Rebeca tenho uma verdade pra te dizer,mas tenho pressa não posso perder tempo, a verdade é que no maranahão ( e pq não no piaui?)não existem verdades

Rebeca Duarte disse...

Oi Cleber.
Interessante sua colocação...
Seja bem vindo.