sexta-feira, julho 13, 2007

É... A gente passa por cada coisa...

"Em uma bela manhã de Sol Joseph Clim"... Er.. Digo... Um belo dia de Sol eu estava ligada no MSN e meu irmão ficou online. Ele estava em Tobias Barreto, cidade que eu morava há alguns anos atrás, acessando de uma lan house. Fico super feliz quando o encontro online, pois ele não costuma entrar muito no MSN.
Conversamos um pouquinho, "eu te amo" pra cá, "eu também te amo" pra lá e ele disse-me que tinha que sair. Nos despedimos e "xau".
Passado algum tempo verifico que ele ainda aparece como online... Percebo que meu irmão esqueceu o MSN ligado... Mas como tenho outras coisas para fazer desligo o MSN e me dedico ao laboro. Passados alguns minutos torno a ligar o MSN e a conta do meu irmão continua lá, como online... Fiquei na minha e pensei que alguém iria desligar a qualquer momento.
"De repente, não mais que de repente," chega uma mensaginha instantânea de "Emanuel" dizendo:
Emanuel Jos diz:
oi puta
(Susto-bege- susto! Parei uns segundos para digerir esse "cumprimento"... O que fazer? O que fazer? Claro que não era Emanuel, então resolvi ver até onde a pessoinha chegaria.)
Beca diz:
Oi.
Emanuel Jos diz:
como vai a xoxota
(Hum... O rapaz está procurando conversa fiada com quem não deve... Tisc...)
Beca diz:
Vai bem... Bem longe de você...
Emanuel Jos diz:
quando vou te come
(Oh coitado! Agora é too late... Ele terá que arcar com as conseqüências desse erro! Hahahahaha!)
Beca diz:
Nunca, porque para me comer tem que pelo menos saber escrever Português direito, e isso percebo que você não sabe.
Emanuel Jos diz:
como se eu ja te comi
(Nesse momento eu levantei-me rapidamente da cadeira, liguei para meu irmão e disse: "Manu, você deixou seu MSN ligado e tem uma pessoa falando um monte de pornografia pra mim. Tem como você ir lá na lan house?" Ao que meu irmão, muito revoltado, prontamente respondeu: "Tem sim fia! Vou lá agora!")
Beca diz:
Você? Pra me comer tem que saber escrever, querido. Eu não fico com iletrados.
(Perceberam até agora que eu estava "segurando" o rapazinho na frente do PC com essa conversinha mole? Perceberam?)
De repente do nada: PUFFF!!! Emanuel Jos está offline.
Rá!!!! Emanuel deve ter chegado lá. Deixa eu ligar novamente pra ele! Yes!
Liguei. Ele atendeu, ainda estava na lan house. Perguntei se ele tinha encontrado o rapaz. Ele respondeu: "Oi fia, ele tava aqui, fui eu que desliguei o MSN." (Uau! Meu irmão desligou o MSN na cara do salafrário! Uhu!)
Aproveitei a deixa e disse: "Manu, ele tava me chamando de puta e dizendo que já me comeu."
Aí, para todos que estavam na lan house ouvirem meu irmão falou: "Olhe rapaz, a moça que você tava falando aí tá aqui no telefone e disse que não é nenhuma puta não, você não conhece ela e nunca comeu ela!" Eu ainda ouvi a voz do engraçadinho dizendo: "Hã? O quê?" Se fingindo de desentendido!
Agora pensem numa voz de ódio que Emanuel estava! Quase que ele dava uns "catiripapos", como diz minha mãe, no cara. Manu é apaixonado por mim e minha mãe. Se alguém quiser ver Emanuel virar um bicho é só perturbar a mim ou a minha mãe. Portanto, não queiram!
Pensem!!! Foi a glória!!!! O salafrário me chamou de puta, mas passou uma das maiores vergonhas da vida dele. E agora ele vai pensar duas vezes antes de usar o MSN alheio para ofender as pessoas!
Neste momento eu gostaria de ser uma mosquinha para ver a cara do nojento sendo pego com a boca na botija, porque só sendo mesmo nojento para fazer uma coisa dessa.
"Não contavam com minha astúcia!"

2 comentários:

Eu disse...

Rebeca, antes de eu comprar meu computador, freqüentava uma lan house aqui perto de casa, para verificar meus emails e digitar alguns trabalhos. Quase sempre, quando eu acessava o pc da lan, tinha um MSN aberto, ou até mesmo uma conta do Gmail de quem se descuidou. Daí eu pensava: caramba! a pessoa que sentou aqui é de sorte, pois, pelo menos, eu vou fazer o que ele deveria ter feito: "fechar com segurança suas contas abertas, ainda mais quando se trata de pc público". Bom, meus pais me ensinaram bons modos. O que vc e Emanuel fizeram foi ótimo! Minhas irmãs mais novas ainda freqüentam lah em Tobias. Eu sempre as oriento em relação a isso. É um perigo, um verdadeiro perigo! bjs, Aline

Rebeca Duarte disse...

É Aline... Infelizmente as pessoas ainda não se conscientizaram em praticar aquilo que não fere os outros. E enquanto as pessoas viverem assim teremos sempre que tomar o máximo cuidado. O que é algo que não deveria oferecer perigo algum acaba oferecendo e nós dificilmente temos um momento de sossego...
E ainda dizem que "é a vida"... rs
Beijos!!!