terça-feira, março 27, 2007

Sobre pessoas "fortes" e vidros temperados I

Vocês já repararam como é um vidro temperado? Ele é forte. Quebrar um vidro temperado exige esforço, mas quando este se quebra... É impossível reformar. Já vi alguns utensílios de vidro temperado quebrando e devo dizer que fica quase uma "areia" de vidro.
Agora as pessoas "fortes"... O que normalmente se têm como característica de uma pessoa forte? Alguém firme, rijo, que não "quebra". Alguém que não se abala com as agruras da vida, que mantém-se firme em sua posição (normalmente de liderança), que segue intrépido até o fim e não chora. Essa é normalmente a visão de pessoas forte que vemos por aí... E sabe o que eu percebi sobre essas pessoas "fortes"? Que elas são como o vidro temperado. São difíceis de quebrar, mas uma vez quebradas é praticamente impossível juntar os cacos... Elas acumulam tanta responsabilidade, tanta "firmeza", tanta rigidez, que acabam em determinado momento explodindo tudo aquilo que sente para fora, tornando-se um "touro selvagem numa loja de cristais".
E o que acontece com um "touro selvagem numa loja de cristais"? Além de destruir todo o cristal valiosíssimo da loja, fere-se com os cacos de cristal que quebrou. Destrói todo o ambiente e também sai destruído e ferido.
Para mim, força não é isso...


Continua...

7 comentários:

Aline disse...

Dizer o que é ou não é "fortaleza no outro" é percorrer um caminho mais do que incerto. O "ser forte" pode ser tantas coisas. Até mesmo mostrar-se fraco pode ser um sinal do ser forte. E mostrar-se forte pode ser um sinal de fraqueza. Creio apenas que dentro de nós (de cada um) há a capacidade de superar nossas angústias, nossas falhas, nossos medos, nossas inseguranças, nossos dramas. Outra coisa: desconfio daquele "Alguém firme, rijo, que não "quebra". Não é saudável ser assim. Vamos refletir! beijos, Aline

Rebeca Duarte disse...

Aline, você chegou exatamente onde eu queria que chegassem. Muitas vezes "mostrar-se fraco é sinal de ser forte" e mostrar-se forte é sinal de que têm se medo de parecer fraco. A força tem várias facetas, é um conceito relativo, como o da beleza. Mas com certeza a força não está em parecer ser algo que não é, a força não está no camuflar dos sentimentos para parecer ter algo que não tem. Abordarei melhor isso nos próximos textos... ;)
Beijos e obrigada pelo comentário!

Tânia disse...

Talvez as pessoas achem que os "fortes" podem aguentar tudo,por serem geralmente rigidos, estão acostumados a carregar grande peso sem sofrer com isso.A gota d'água que derrama a caneca é a ultima e não a culpada, sentimentos são plantados por pessoas e elas são por eles responsaveis,não saber o que nossas atitudes fazem aos outros por eles não dizerem não diminue nossa culpa.Saber lidar com situações difisseis é inteligente mais não depende de uma unica pessoa.

Malafa disse...

prá mim q eu já tinha comentado sobre este post... estranho?! mas tudo bem... é uma pena q eu não esteja com inspiração agora pra comentar de novo... mas, adorei o texto e continua ele logo, mulé... BJS!!!

Single Mind disse...

Andava à procura de algo no google quando caiu neste blog. Só o título do post cativou-me. Li atentamente. Revi-me, sem tirar nem por.
A vida é tão difícil, e é muito raro encontrar pessoas com determinação para seguir em frente aquando as dificuldades. Sou como um touro, levo a vida sempre em frente com força, nunca baixo os braços, e por vezes tenho a noite como companheira para chorar as dificuldades do dia-a-dia.
Se formos fortes na vida, as pessoas admiram-nos. Se fragilizarmos quase ninguém nos dá crédito. Relativamente ao touro descontrolado que se fere a ele próprio... além de força e determinação na vida, aquando um fracasso nunca devemos perder a sanidade mental, o que por vezes é muito difícil. Afinal de contas quem não explodiu já?!
Ainda não li os restantes posts, mas só este me cativou para continuar a ler este blog.
Parabéns.

Rebeca Duarte disse...

Olá Single Mind. Seja bem-vinda a meu blog. :)
Como você mesmo disse: "Se formos fortes na vida, as pessoas admiram-nos". Isso é verdade. Não acho salutar estarmos mostrando nossas fragilidades a quem, inconsequentemente, nos julgará... Agora de que adianta sermos admirados e não sermos felizes? Não estou dizendo que você não é feliz, longe de mim, pois este é o nosso primeiro contato, mas no meu ponto de vista, é difícil ser feliz tendo que manter-se o tempo todo um poço de força e estabilidade. E foi isso que quis abordar neste texto, a falta de felicidade em demonstrar ser o que não é...
Volte sempre!
Beijos!

Nathan (Artigo do Vidro Temperado) disse...

Bacana esse artigo, gostei. Afinal o vidro temperado dá um toque de requinte na maioria das áreas em que é usado, até nas reflexões.
Abraços !