terça-feira, dezembro 05, 2006

A onda é ser "bicho-grilo"

"Seu nome é Joás Brandão. O primeiro voluntário a combater incêndios na Chapada Diamantina.
Olhos verdes, 43 anos e cabelos batendo nas canelas. Duas décadas atrás ele amarrou um pano na cabeça, jogou os sapatos fora e passou só a cuidar dos interesses da Chapada. 'Doido', esse foi o veredicto do povo da cidadezinha de Palmeiras. Afinal, qual é o nome pra quem pula da cama no meio da madrugada disposto a apagar incêndio descalço? 'Eu sou doido mesmo', afirma ele. 'E essas serras não são de endoidecer?'
O exemplo de Joás inspirou uma legião de guerreiros do fogo. Hoje a Chapada conta com o maior número de voluntários do país para extinguir incêndios provocados pelas queimadas de agricultores e pecuaristas.
Quando começou a combater o fogo, Joás também deu início a uma série de rituais. Só ele sabe o que significam. E não conta para ninguém. O cabelo, por exemplo. Parou de cortá-lo e passou a escondê-lo debaixo do pano. Parou de comer carne quando olhou para um bife e teve um estranhamento. 'Vi um cadáver', diz. Quando era adolescente desfilou um ano com uma cobra enfiada no cabelo. Quando a soltou tinha 2 metros.
Joás analisa a situação e esclarece: 'As pessoas não entendem a cobra, o pano na cabeça. Como eu não entendo porque elas bebem, usam droga. Acho que tem coisa que é complexa de explicar para quem está fora da gente.'"

Verdade...

5 comentários:

Aline disse...

a frase é boa mesmo, Rebeca! está de férias da faculdade? vai pra Tobias? ou isso nem passa por sua cabeça? :P beijos,

Rebeca Duarte disse...

Olá Aline. :)
Ainda não estou de férias. Só estarei lá para o dia 15/12. Mas infelizmente não vou pra Tobias. Gostaria muito, mas meu marido não será liberado do trabalho... :(
Cousas da vida.
Beijos!

Malafaia disse...

estou de volta à vida blogueira... finalmente uma pausa na correria, hein... quanto ao Joás e sua frase... não sei porque, mas gostei desse cara... me sinto tão bem quando faço uma coisa e as pessoas me chamam de doida por isso... rs... loucura... bjs!!!

Rebeca Duarte disse...

Oi Ester! Seja bem vinda de volta ao mundo bloguístico! Que bom que vc deu uma pausa.
Eu sou chamada de doida muitas vezes. Tem uma vantagem: as pessoas esperam qualquer coisa de você, portanto você pode fazer qualquer coisa e nada será surpersa. Hihihihi!
Beijos!

Vera disse...

Rebeca disse tudo!!!
Os doidos terminam então sendo pessoas mais livres que as normais!!!kkkkkk